Notícias

 

Representante Especial do Secretário-Geral da ONU para Africa Ocidental e Sahel (UNOWAS) visita Cabo Verde

 

Nações Unidas, Praia, 11 de Março de 2016 - O Representante Especial do Secretário-Geral da ONU para Africa Ocidental e Sahel (UNOWAS), Sr. Mohamed Ibn Chambas, terminou uma visita de trabalho de dois dias ao país. Durante a sua  estadia em Cabo Verde, Sr. Mohamed Ibn Chambas teve encontros com representantes de instituições nacionais e foi recebido em audiência pelas autoridades nacionais.

Esta visita teve propósito de assegurar ao povo Cabo-verdiano a disponibilidade das Nações Unidas em apoiar e acompanhar o país durante este importante passo na jornada democrática do país, que são as proxima eleições legislativas de 20 de Março.

Em declarações à imprensa, Ibn Chambas referiu que esta visita foi uma oportunidade para para transmitir aos cabo-verdianos a confiança do Secretário-Geral das Nações Unidas no sistema democrático do País e na sua capacidade de organizar eleições pacíficas, credíveis e participativas, como ficou demonstrado várias vezes ao longo dos anos.

Para que o Representante Especial do Secretário-Geral da ONU para Africa Ocidental e Sahel (UNOWAS), esta visita foi frutífera em termos de troca de opiniões sobre o processo de preparação para as eleições legislativas de 20 de Março de 2016, afirmando ter "reiterado às autoridades nacionais o reconhecimento da reputação democrática merecida de Cabo Verde, com um histórico de alternâncias pacíficas, construída na base de um compromisso com o Estado de Direito. Expressei a minha convicção de que Cabo Verde vai continuar a dar o exemplo"..

Durante os encontros  com as autoridadesde nacionais, foram  ainda abordadas questões sub-regionais e as ameaças à paz e à estabilidade, em particular o extremismo e o terrorismo no Sahel e na região do Lago Chad Basin, bem como a pirataria e o tráfico de drogas. Ibn Chambas, afirmou Compartilhar as preocupações sobre o impasse político na  Guiné-Bissau, e que trabalharão  juntos, com a CEDEAO, a UA, a CPLP, a UE e outros parceiros, para promover o diálogo, a construção de consensos e a reconciliação nacional naquele país.

Ainda segundo referiu o Representante Especial do Secretário-Geral da ONU para Africa Ocidental e Sahel,  ONU reconhece o compromisso de Cabo Verde para com as metas de desenvolvimento sustentável e os seus esforços pioneiros no campo da energia renovável, como um ingrediente-chave para a emergência do país e a sua transformação sócio-económica. Abril de 2016.

Para terminar, Chambas afirmou que as Nações Unidas continuarão a ser um parceiro de desenvolvimento confiável para Cabo Verde e, como tal, continuará a colaborar com o povo de Cabo Verde.