Notícias

 

Luta contra a anemia em Crianças menores de 5 anos

 

Nações Unidas, 17 de janeiro de 2017 -No dia 17 de janeiro de 2017 na Ilha do Fogo, deu-se o lançamento da campanha estratégica para a fortificação domiciliara com o objetivo claro de reduzir a prevalência de anemia nas crianças com menos de 5 anos.  Esta campanha piloto numa primeira fase incluirá todas as ilhas exceto Santiago e Santo Antão.

O Ministro da Saúde e de Segurança Social, Arlindo do Rosário, no âmbito desta iniciativo disse “Se conseguirmos melhorar a saúde das nossas crianças iremos ter adolescentes e adultos melhor preparados e consolidados”.

A vice representante do UNICEF em Cabo Verde, Ilaria Carnevali, considerou que a anemia na infância é um problema de saúde pública que afecta 293 milhões de crianças em idade pré-escolar em todo o mundo, sendo que a causa principal é a deficiência em ferro. Ilaria afirma o papel comprometido do UNICEF nesta temática “Temos acompanhado Cabo Verde nos esforços levados a cabo no domínio da nutrição, e que contribuíram para a consecução de progressos significativos no que se refere à redução da desnutrição aguda e crónica, assim como aos distúrbios por carência em lodo e vitamina A".

Os dados disponíveis indicam que, para além de anemia existem deficiências de outros nutrientes, indicando que o reforço da fortificação alimentar domiciliar vai tratar da parte de anemia e corrigir outras deficiências de nutrição, inclusive das vitaminas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share |