Notícias

 

Campanha Livres e Iguais - pelos direitos do LGBT

 

Nações Unidas, Paris, 16 de Fevereiro de 2016 - Mindelo, São Vicente, é a cidade de Cabo Verde onde o Carnaval ganha uma grande expressão tornando-se já um cartão de visita do país. E porque é capaz de mobilizar milhares de pessoas, de todas os quadrantes sociais, é um momento privilegiado para veicular mensagens e promover atitudes de praticas saudáveis, bem como os direitos humanos.

Neste contexto, este ano, no desfile de um dos grupos mais tradicionais do carnaval mindelense – “Vindos do Oriente”, as Nações Unidas estabelecerem uma parceria com o mesmo para, no âmbito da campanha Livres e Iguais, veicular mensagens relacionadas com os direitos dos LGBT. Assim, o grupo, integrado por mais de 50 figurantes, no seu enredo, levou a mensagem da Campanha, chamando a atenção sobre os desafios, as dificuldades, a necessidade de inclusão e o respeito pelos direitos humanos, criando uma ala especifica.

A ala” Livres e Iguais”, contou com a participação de integrantes da Associação LGBT de São Vicente, entre os quais a reconhecida personalidade travesti mindelense “ Txinda”, personagem central do documentário “AsTxindas”. No desfile, além das cores tradicionais que identificam os LGBT, pôde-se filamentar levar a imagem de marca da campanha.

Apresença da ala “Livres & Iguais, foi possível devido a parceria estabelecida entre o Grupo Carnavalesco Vindos do Oriente, a Associação LGBT de Mindelo e o Escritório das Nações Unidas de Cabo Verde. No quadro, dessa parceria, a Coordenadora Residente, das Nações Unidas, Ulrika Richardson, deslocou-se à Ilha, em representação das Nações Unidas. Constaram da sua Agenda de trabalho, uma visita guiada aos Estaleiros da Associação do Grupo carnavalesco Vindos dos Oriente, um encontro com os representantes da associação LGBT Arco Iris, (responsável pela coordenação, e execução do enredo da ala Livres & Iguais), além da sua presença no desfile.

Entretanto no desfile do Carnaval da Cidade da Praia, também foram difundidos os valores da campanha Livres & Iguais – O Grupo Carnavalesco Vindos de Africa, cujo tema de desfile foi Direitos Humanos, incluiu no seu enredo uma alegoria com as cores tradicionais utilizados nas paradas gay, acompanhada por jovens pertencentes a comunidade LGBT da Praia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share |