Notícias

 

26 de Junho - Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico de Drogas

 

Nações Unidas, Praia 25 de Junho de 2015 -  Todos os anos, o mundo se mobiliza para no dia 26 de Junho – Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico de Drogas – intensificar a sua luta contra uso e tráfico de substâncias ilícitas, as Drogas. Esta campanha global de prevenção e sensibilização sobre a problemática da droga e seu impacto na vida das pessoas, famílias e comunidades tem normalmente como como pano de fundo a saúde.

Este ano de 2015, por ser o ano em que termina os esforços de desenvolvimento para a prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODMs) e inicia uma nova agenda de desenvolvimento mundial com a aprovação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), o tema da campanha mundial pretende enfatizar o impacto das drogas no desenvolvimento para além da saúde.

Todos os anos, o mundo se mobiliza para no dia 26 de Junho – Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico de Drogas – intensificar a sua luta contra uso e tráfico de substâncias ilícitas, as Drogas. Esta campanha global de prevenção e sensibilização sobre a problemática da droga e seu impacto na vida das pessoas, famílias e comunidades tem normalmente como como pano de fundo a saúde.

Este ano de 2015, por ser o ano em que termina os esforços de desenvolvimento para a prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODMs) e inicia uma nova agenda de desenvolvimento mundial com a aprovação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), o tema da campanha mundial pretende enfatizar o impacto das drogas no desenvolvimento para além da saúde.
Assim o demonstra o tema “Vamos Desenvolver Nossas Vidas, Nossas Comunidades, Nossas Identidades, Sem Drogas,” para as comemorações do Dia Mundial contra as Drogas. A campanha deste ano visa alertar a todos sobre a conexão que o tráfico de drogas tem com o crime organizado e a corrupção e portanto, com o próprio desenvolvimento.

Neste sentido, o Secretário Geral da ONU, Ban Ki-moon, defende, na sua mensagem alusiva à data, que a nova Agenda de Desenvolvimento deve considerar as questões relacionadas com o uso e trafico de drogas, particularmente devido aos efeitos danosos que causam nos indivíduos e nas comunidades. Segundo o Secretário geral, “Em Setembro, líderes de todo o mundo vão reunir-se na Organização das Nações Unidas para adotar uma nova e ambiciosa agenda de desenvolvimento sustentável para erradicar a pobreza extrema e proporcionar uma vida digna para todos. Esta ambição deve abordar, na medida do possível, vários obstáculos, incluindo os impactos largamente danosos que são causados nos indivíduos e comunidades pelo uso e tráfico de drogas”.

Ban Ki-moon reforça que “A nossa resposta a este desafio, que deve ser partilhado por todos, baseia-se nas convenções internacionais de controlo de drogas. Em plena conformidade com os padrões e normas de direitos humanos, as Nações Unidas defende um reequilíbrio cuidadoso da política internacional sobre as drogas controladas. Devemos considerar alternativas à criminalização e encarceramento de pessoas que usam drogas e concentrar os esforços da justiça penal sobre os envolvidos no fornecimento. Devemos aumentar a focalização na saúde pública, prevenção, tratamento e cuidados, bem como nas estratégias económicas, sociais e culturais. Temos de abordar a relação entre drogas ilícitas e violência, corrupção e terrorismo. Uma abordagem equilibrada, que leva em conta a forte ligação entre os traficantes de drogas e as redes criminosas envolvidas em vários tipo de atividades tais como tráfico de armas de fogo, sequestro, tráfico de seres humanos e outros crimes. Este trabalho também exige que haja um redobrar dos esforços para impedir o fornecimento dos componentes químicos que são a base de tantas drogas ilícitas”.

Em Cabo Verde, a campanha esta a ser desenvolvida pelo Ministério da Justiça – Comissão de Coordenação de Combate à Droga (CCCD) e o Escritório do ONUDC no país, devendo o ato central ter lugar, no dia 26 de Junho, na ilha de São Vicente, segundo uma programação com atividades desportivas, recreativas e culturas, incluindo torneios de futebol, passeata, teatro, palestras, entre outras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share |