Notícias

 

Cabo Verde assinala o Dia Mundial da População

Nações Unidas, 11 de Julho de 2017 - "Planeamento Familiar, Empoderando as pessoas, desenvolvendo Nações". Este foi o lema da comemoração da data  que focalizou na  importância que o planeamento familiar tem na saúde de todos e principalmente para as mulheres e dos jovens.

Investir no planeamento familiar é também produzir ganhos económicos e outros que podem impulsionar o desenvolvimento e consequentemente o sucesso da Agenda de Desenvolvimento Sustentável de 2030 e seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Em parceria com o UNFPA e o Ministério da Saúde e Segurança Social/Direcção Nacional da Saúde e a VERDEFAM, a Rede Parlamentar para População e Desenvolvimento organizou uma serie de actividades para marcar a data, das quais se destacam visitas ao Centro de Saúde Reprodutiva da Fazenda e da VERDEFAM, no bairro da Varzea, com o objectivo de conhecer os ganhos e os desafios que estes serviços enfrentam.

Elton John Fernandes, 20 anos e Élvine Moreira Semedo, 21 anos, os dois jovens, do Bairro Castelão - Praia, dedicam parte do seu tempo ao trabalho voluntario, na VERDEFAM, associação que conta com a parceria do Ministério da Saúde e do UNFPA, levando até às comunidades, particularmente aos jovens, informações sobre a saúde sexual e reprodutiva, com enfoque na prevenção das doenças sexualmente transmitidas, no planeamento familiar e nos métodos de contracepção, seguimento da gravidez entre outros. Estes são os heróis de hoje, Dia Mundial da População.

Destaca-se igualmente a realização de uma palestra na Cadeia de São Martinho - Praia, dirigidas às reclusas com a vista a reforçar os seus conhecimentos em matéria de planeamento familiar.

A conversa foi orientada por uma técnica da Verdefam e da Direcção Nacional da Saúde e teve uma participação dinámica das reclusas que aprooveitaram o momento para levantar questões e tirar dúvidas sobre planemaneto familiar e alguns mitos à volta dos métodos anti-concepcionais. De acordo com o Director da Cadeia de S. Martinho, o espaço prisional acolhe neste momento 34 reclusas e todas são beneficiadas com atendimento médico semanalmennte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share |