Notícias

 

Cabo Verde realiza o II Fórum Nacional de Transformação - Cabo Verde 2030

Nações Unidas, Praia, 14 de Maio de 2014 - Teve inicio esta manhã, o II Fórum Nacional da Transformação Cabo Verde 2030, que irá decorrer durante três dias. Esta é uma iniciativa do Governo de Cabo Verde, através do Centro de Políticas Estratégicas (CPE), organizado em parceria com as Nações Unidas, particularmente a Comissão Económica das Nações Unidas para África (UNECA) e o Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde, bem como com instituições públicas e privadas nacionais.

O evento tem como objectivo constituir uma plataforma de reflexão e buscar ideias criativas e inovadoras para a aceleração da Agenda de Transformação até 2030.

Esta iniciativa pretende ainda traçar o papel das instituições, procurar e criar igualmente, consensos e uma base social compacta de apoio rumo ao futuro para que Cabo Verde alcance o nível de país de rendimento médio avançado.

Ao presidir o acto de abertura, o Presidente da República, Dr. Jorge Carlos Fonseca considerou que "face aos problemas que Cabo verde enfrenta e aos contornos actuais da nossa envolvente externa, é imprescindível que o país no seu conjunto se debruce sobre a realidade do presente e reflicta, numa perspectiva estratégica e de longo prazo, sobre os caminhos que percorrer para chegar aonde pretende chegar".

Por seu lado, a Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde, Ulrika Richardson, realçou que "vulnerabilidade estrutural de Cabo Verde é a sua insularidade: o território fragmentado que têm um impacto direto nos custos de desenvolvimento; transporte, infra-estrutura e no acesso a energia, água e ao mercado de trabalho para todos". Para Ulrika Richardson "Mais do que uma vulnerabilidade, para um archipélago o mar constitui uma “reserva de ouro azul” pelos recursos naturais, a biodiversidade e o potencial de emprego. Assim a economia azul se destaca através do turismo sustentável e de qualidade, do potencial de pesquisa ambiental, científica e industrial, assim como da inovação.

De acordo com os organizadores, o fórum irá reforçar a visão do país para a transformação sócio-económica. Neste caso os especialistas, nacionais e internacionais,  irão propor estratégias que estabeleçam medidas claras para ultrapassar os obstáculos e promover um desenvolvimento sustentável alicerçado em maiores investimentos, na diversificação da base produtiva, na consolidação da paz e justiça social, entre outros.

Neste sentido, a UNECA e o Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde, responderam à solicitação do país, e irão, através de uma equipa formada por especialistas nacionais e internacionais, participar enquanto oradores no Fórum e contribuir nas discussões a terem lugar em diferentes painéis identificados.

Assim, o Secretário Executivo UNECA, Dr. Carlos Lopes, que estará em Cabo Verde, de 13 a 16 de Maio, para participar no referido Fórum, a convite do Governo de Cabo Verde,  irá participar, enquanto apresentador, na Sessão Especial intitulada "Mudanças de Mentalidades: os desafios de um país insular em face das tendências globais", e que será presidida por S.Excia Senhor Comandante Pedro Pires, antigo Presidente da Republica. A proteção social, o desenvolvimento inclusivo, dividendos demográficos, a sustentabilidade ambiental e as mudanças climáticas, constituem os principais temas sobre os quais especialistas internacionais das agências do UNFPA, do PNUD, e do UNICEF irão abordar.

Share |