Notícias

 

Cabo Verde prepara-se para aderir à Parceria Global para a Educação

Nações Unidas, Praia 18 de Julho de 2014. Fundada em 2002, a Parceria Global para a Educação é uma parceria multilateral, da qual fazem parte cerca de 60 países em desenvolvimento, governos doadores, organizações internacionais, sector privado, professores e grupos da sociedade civil, e que visa essencialmente alcançar uma educação de qualidade para todas as crianças.

Neste contexto e na sequencia duma primeira reunião organizada no passado  dia 30 de Maio  no âmbito da visita da responsável do UNICEF e membro do Secretariado da Parceria Global para a Educação,  Blandine Ledoux, teve lugar no dia  18 de Julho uma reunião com os parceiros nacionais e internacionais da educação, cujo objectivo principal  foi a elaboração de um plano plano estratégico para submeter a candidatura de Cabo Verde à  Parceria Global para a Educação, além de formalizar a constituição do Grupo Local de Parceiros.

No encontro que foi presidido pela Ministra da Educação e Desporto, Dra. Fernanda Marques,  a Coordenadora residente do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde eRepresentante do UNICEF, Ulrika Richardson, citando o Secretário- geral das Nações Unidas, Ban Ki -Moon sobre a importância de investir numa educação de qualidade , ressaltou que a educação não é simplesmente um imperativo moral, mas uma escolha moral, sublinhando ao mesmo tempo duplo desafio que Cabo Verde tem, não somente enquanto Estado insular, mas por ser também o segundo país no mundo a graduar-se da categoria dos Países Menos Avançados. “ Esta parceria global reconheceu que  Cabo Verde tem uma forte vontade  em investir na educação,  mas também  o país tem  desafios  que podem tornar-se  em oportunidades para o desenvolvimento e  sobretudo para a educação”.

O encontro  que contou pela também com a  presença de representantes de sindicatos nacionais, teve entre os outros  pontos  da agenda a definição da Agência de Coordenação do Programa e Agência de Gestão dos Fundos colocados à disposição.

Para a Ministra Fernanda Marques  este Parceria global deve ser visto como  uma nova forma de fazer cooperação e de desenvolver a educação, daí a importância para o país de integrar este órgão, visando a concretização das ações a serem desenvolvidas no novo plano estratégico da educação.     “É necessário desenvolver a educação de forma sustentável, através da integração de todos os intervenientes educativos” adicinou a Ministra.

 

De salientar que a Parceria Global para a Educação, tem o papel de facilitar o acesso dos países em desenvolvimento à assistência técnica e financeira para que os governos possam desenvolver programas educativos de qualidade e adoptar estratégias mais adequadas e eficazes, permitindo que todas as crianças estejam na escola e tenham acesso a uma educação de qualidade.

Esta Parceria Global para Educação, cujos os fundos são provenientes de diferentes países, os quais poderão ser consultados no link http://www.globalpartnership.org/donors, conta com a parceria de várias instituições bilaterais como multilaterais, sociedade civil, sector privado, para além dos países em desenvolvimento (http://www.globalpartnership.org/about-GPE)

.

Share |