Notícias

Especialistas nacionais e do UNICEF encontram-se reunidos para analisar e definir o Programa Nacional para a Pequena Infância

 

Nações Unidas, Praia 26 de Março de 2015 -  Com a parceria do UNICEF em Cabo Verde e do Escritório Regional do UNICEF para a Africa do Oeste e do Centro, o Ministério da Educação e Desporto, realizou nos dias 26 e 27 de Março, na cidade da Praia, um Workshop sobre o a Pequena Infância, com o objectivo de recolher subsídios para o Programa Nacional para o Desenvolvimento da Pequena Infância e analisar os instrumentos de suporte elaborados com vista a definição de linhas orientadoras do referido programa. Ainda no decorrer do workshop foi feita a restituição e discussão do Estudo sobre Práticas Familiares em relação as crianças menores de 6 anos.

Durante esses dois dias estiveram em análise, de entre outros assuntos, o estudo sobre “as competências das crianças à entrada do ensino básico” e os “Custos do pré-escolar em Cabo Verde”. Igualmente foi feita a apresentação das orientações estratégicas e opções do novo Programa Nacional para a Pequena Infância. Os trabalhos foram acompanhados e contaram com as contribuições e experiências trazidas pela Responsável do Desenvolvimento da Pequena Infância do Escritório Regional (WCARO/UNICEF), Mariavittoria Balotta, que também abordou a questão da importância da criação de sinergias à volta do desenvolvimento da pequena infância no processo de planificação.

Refira-se que desde 2012, está em curso uma reflexão visando o reforço de uma resposta integrada para a pequena infância em Cabo Verde, a reorganização do sector bem como a melhoria do sistema de planeamento e seguimento das acções a favor da Pequena Infância, sob a liderança do Ministério da Educação e Desporto, com o apoio do UNICEF, em coordenação com parceiros chave de vários sectores, como a saúde, a proteção da infância, a proteção social, os municípios, entre outros.  

A cerimónia de abertura do Workshop foi presidida pela Ministra da Educação e Desporto, Fernanda Marques, que no seu discurso referiu que “Cabo verde não é indiferente ao movimento mundial de consciencialização sobre os efeitos benéficos nas crianças em geral e na promoção de educação precoce numa perspetiva integrada. Vários departamentos governamentais e de poder local, e organizações da sociedade civil têm levado a cabo iniciativas cujas destinatárias são as crianças de diversas idades. O desafio é rentabilizar os meios e potencializar as acções a favor da pequena infância. Reconhecemos que é necessário abordar as várias faixas etárias de forma integrada e com uma visão holística, porque do sucesso educativo depende o que acontece nesta fase da vida das crianças”.

Por seu lado, para o UNICEF, representado no evento pela Especialista de Programa Nelida Rodrigues, em nome da Representante do UNICEF em Cabo Verde, o percurso até agora caminhado por Cabo Verde nesta matéria é “um exemplo de esforço a partilhar com outros países que estão a enfrentar desafios similares mas muitas vezes mais desfavoráveis ao desenvolvimento da pequena infância, período da vida em que, os estudos os mostram cada vez com mais veemência, detêm importância extrema e determinante na vida do individuo. Esta etapa dos trabalhos é crucial pois permite ao país juntar dois conceitos tradicionalmente opostos – a eficiência económica e o desenvolvimento humano”.

Em Cabo Verde, no pre-escolar, a taxa bruta de colhimento de 73,3%, sendo a taxa de cobertura 2013/2014 de 66,7% para a faixa etária de 3-5 anos e de 80% para a faixa de 4-5 anos.

Participaram no workshop Delegados e demais dirigentes do Ministério da Educação e Desporto, e de outros ministérios, representantes da Câmaras Municipais e das Organizações da sociedade civil  bem como técnicos e responsáveis do UNICEF em Cabo Verde e do Escritório regional do UNICEF.

Foto: Ministério da Educação e Desporto

 

Share |