Notícias

Governo de Cabo Verde e Nações Unidas assinam o Plano de Trabalho Anual 2015

 

Nações Unidas, Praia 30 de Março de 2015 -  O Governo de Cabo Verde, através da Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros, Drª Maria Jesus Miranda, e as Nações Unidas em Cabo Verde,através da Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde, Senhora Ulrika Richardson assinaram hoje o Plano de Trabalho Anual das Nações Unidas em Cabo Verde, referente ao ano de 2015, no montante inicial de cerca de 15.8 milhões de dólares americanos.

Estes planos foram elaborados, em estreita colaboração com autoridades nacionais, de diferentes sectores e actores socais, públicos e privados, com a sociedade civil e parceiros internacionais e vem dar seguimento às prioridades de cooperação identificadas no Quadro das Nações Unidas para a Assistência ao Desenvolvimento (UNDAF) de Cabo Verde para o período 2012-2016, que visam contribuir para a consolidação do desenvolvimento sustentável, equitativo e integrado e baseado na justiça social. As referidas prioriddes estão centradas em torno de quatro eixos temáticos: (i) Crescimento inclusivo e redução da pobreza; (ii) Consolidação das instituições, democracia e cidadania; (iii) Redução das disparidades e desigualdades; e (iv) Sustentabilidade, ambiental, adaptação as mudanças climáticas.

Na cerimónia de assinatura,que decorreu no Ministério das relações Exteriores de Caboo Verde, a Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde, Ulrika Richardson ressaltou a realização dos encontros com os parceiros nacionais e as sessões de trabalho na preparação e elaboração destes planos e que contou com a participação e engajamento de mais de 90 representantes de cerca de 80 instituições e organizações governamentais e não-governamentais, coordenadas e facilitadas numa parceria entre o Ministério das Relações Exteriores e as Nações Unidas acrescentado que este é " Um marco e desafio no reforço das respostas de Cabo Verde em atingir os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio e criar as condições para que o país defina e acompanhe a agenda Pos-2015 e os novos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável e seus indicadores". Para Ulrika Richardson "são respostas conjuntas aos mais difersos desafios do país nos diferentes setores de desenvovimento sócio-económico e estabilidade social de Cabo Verde, nomeadamente no setor da saúde, educação, proteção social e da criança,  governação, justiça, paz, segurança, reforço institucional, cidadania, direitos humanos, género, emprego, juventude, industrias criativas, sustentabilidade ambienteal, economias verde e azul, eficiência energénica, agricultura, pesca, segurança alimentar, migrações, urbanismo e segurança urbana, estatísticas, população, demografia e entre outros"

Por seu lado a Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros, Drª Maria Jesus Miranda, sublinhou que a "parceria e a cooperação com as Nações Unidas tem sido uma parceria exemplar e que este plano encontra-se alinhado co o Documento de Crescimento e Redução da Pobreza (DCREPIII) que é o documento norteador do desenvolvimento de Cabo Verde"

Realce-se que o Ministério das Relações Exteriores juntamente com Nações Unidas coordenou a organização e facilitação dos encontros entre parceiros nacionais, resultando numa participação de mais de 90 representantes de 70 instituições governamentais e não-governamentais.

Este ano, vários eventos irão marcar as acções conjuntas entre o Governo, Nações Unidas e seus parceiros nacionais, como os trabalhos preparatórios que irão servir de suporte para a análise dos resultados alcançados mediante a implementação dos Objectivos deDesenvolvimento do Milénio e na definição da  Agenda Pós 2015, entre outros.

 

Share |