Notícias

Representante Regional do Escritório das Nações Unidas para o Combate e Crime (ONUDC) visita Cabo Verde

Nações Unidas, Praia 26 de Janeiro de 2015 - O Representante Regional do Escritório das Nações Unidas contra a Droga e Crime (ONUDC), Pierre Lapaque, realizou uma missão à Praia, de 4 a 8 de Fevereiro, com a finalidade de apoiar os esforços do Governo na busca de soluções, para um combate efetivo ao crime organizado, tendo em conta, os acontecimentos recentes e as ameaças emergentes com os quais Cabo Verde se tem confrontado. Esta missão realiza-se no quadro do programa de cooperação entre a ONUDC e o Governo de Cabo Verde em matéria de combate ao narcotráfico e crime organizado.

No final destes três dias de estadia em Cabo Verde, Pierre Lapaque, destacou, numa conferência de imprensa, a qual contou ainda com a presença do Ministro da Justiça José  Carlos Correia,  os grandes esforços desenvolvidos pelo país no combate ao crime organizado em geral e ao tráfico de droga em particular, salientando ao mesmo tempo a importância de ter novas abordagens para fazer face aos desafios existentes.

“Só uma reflexão conjunta a todos os níveis das instâncias nacionais e a mobilização de todos poderá contribuir para a definição de prioridades nacionais e ao mesmo tempo conseguir as necessárias sinergias para se avançar” salientou ainda Pierre Lapaque.

De realçar que a cooperação técnica entre o ONUDC e o Estado de Cabo Verde teve o seu início na década de noventa, e na altura, a agência tinha a dominação de Programa das Nações Unidas para o Controlo Internacional de Drogas (PNUCID).

No entanto, foi a partir do ano 2000 que esta cooperação técnica ganhou uma nova dinâmica, tendo em conta o aumento da demanda face as novas tendências nacionais e regionais, relacionadas com tráfico de droga, criminalidade e abuso de droga, bem como, a necessidade de dar seguimento e resposta a nível nacional, aos compromissos assumidos internacionalmente com a ratificação de algumas Convenções importantes, nomeadamente, a Convenção de Palermo e a Convenção de Mérida.

(foto: Gabinete do Primeiro Ministro de Cabo Verde)

Share |