Notícias

Workshop Produção de Material de Comunicação em Saúde Sexual e Reprodutiva para Adolescentes e Jovens

Nações Unidas, Praia 26 de Janeiro de 2015 -  O conceito de Saúde Sexual Reprodutiva implica que cada indivíduo tenha o direito a ser informado e a forma como as informações chegam aos indivíduos podem fazer a diferença no momento de tomada de decisões.

A Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (1994) e a Conferência de Beijing (1995) constituíram marcos importantes para a introdução de políticas nacionais e reformas legislativas que promoveram a legitimação do conceito de direitos reprodutivos e estabeleceram novos modelos de intervenção na saúde reprodutiva e saúde sexual e de ação jurídica. Mas apesar dos avanços, os problemas relacionados à saúde reprodutiva ainda são a principal causa de morte ou de enfermidades entre mulheres de 10 a 49 anos de idade no mundo. Em Cabo Verde, apesar dos avanços nessa matérias, ainda persiste o desafio relativamente a mudanças de comportamentos, particularmente dos jovens e adolescentes, visando uma tomada de decisão consciente e adequada. Daí a necessidade de passar em revista as intervenções em matéria de comunicação  realizadas até o momento e analisar o seu impacto junto da população jovem .

É neste contexto que realiza-se do dia 26 até 30 de Janeiro na cidade da Praia, o Workshop de produção de marial de comunicação em saúde sexual e reprodutiva para adolescentes e jovens,  numa parceria  entre o Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA), a Direção Geral da Juventude e o Programa Nacional de Saúde Reprodutiva. Nele serão identificados os conceitos, objetivos e prioridades da comunicação em saúde sexual e reprodutiva em Cabo Verde além de debater o processo de criação de campanhas em Saúde Sexual e Reprodutiva para Adolescentes e Jovens. Pretende-se também com este workshop, mapear e definir os processos e produtos de comunicação mais eficazes para a disseminação da mensagem entre as diferentes audiências, em particular entre os adolescente e jovens.

No seu discurso de abertura, Ilaria Carnevali, Representante Adjunta do escritório comum do PNUD/UNFPA UNICEF em Cabo Verde, objetivo fundamental deste workshop e’trabalhar com os profissionais da área da saúde e da comunicação os novos conceitos e abordagens nesta matéria, tendo como objetivo final a mudança de comportamentos dos adolescentes jovens no que diz respeito á sua saúde sexual reprodutiva e poderem tomar decisões”. “Temos constatado que a comunicação nesta matéria tem sido mais virada para saúde sexual e reprodutiva e nem sempre tem tratado só conceitos de forma corretamente e nem sempre tem utilizado os meios e os suportes de comunicação adequados para jovens. Dai a grande expectativa que se tem em relação a esta formação da qual esperamos que todos saiam daqui com os elementos que venham provocar mudanças profundas nas atitudes e comportamentos dos adolescentes e jovens”, afirmou ainda Ilaria Carnevali.

De realçar que Cabo Verde é um país em que dois terços da população tem menos de 30 anos -  dos 12 aos 25 anos estima-se a polução em 146,939, sendo 72,392 do sexo feminino e 74,548 do sexo masculino.

 

Share |